Nacional de Patos
Nacional   A. C. de Patos
Data de Fundação : 23/12/1961
Rua Porfírio da Costa, 156  - Patos/PB
CEP 58.700-000
Telefone : (83) 3421-1789
Fax : (83) 3421-1347
Web site : http://www.nacionaldepatos.com/
 
 Nome Estádio :  José Cavalcanti
 Capacidade :  10.000 espectadores
 Inauguração :  1964 e remodelado em 01/2008
 Medidas :  110 X 67m
 Endereço :  -
Patrocinador : -
Presidente : José Ivan dos Santos
Fornecedor de material : -
Mascote : Canário

Títulos : 5 Torneios Incentivo ( 1977 a 1981) e 1 Campeonato Paraibano da 1ª Divisão (2007)

Time Base em 2013 : Mauro, Zé Wilker, Demétrius, Lau, Eduardo Recife, Ítalo, Garrinchinha, Cleiton, Williams, Ruan e Delany.

Técnico em 2013 : Reginaldo Sousa
Cores : Verde e branco
Escutar Hino -->> sound.gif (90 bytes)
Última atualização: 22/02/2013
Escudos antigos
nacionaldepatos_antigo-pb.gif (10299 bytes)  

História : O Nacional foi fundado por um grupo de funcionários das repartições públicas federais da cidade de Patos (Correios, Dnocs, RFFSA, Dner etc.). Que se reuniam nos finais de semana para jogar futebol no antigo campo do Colégio Estadual.
Estes abnegados acabaram rivalizando com o Esporte de Patos e após alguns entendimentos decidiram fundar um clube de futebol que pudesse jogar de igual para igual contra o alvirrubro tanto na bola quanto no prestígio. Aclamaram uma reunião no centro da cidade e fundaram no dia 23 de dezembro de 1961 o Nacional Atlético Clube.
A princípio o clube jogava com as cores verde e amarelo, extraídos da bandeira do Brasil, porém, temendo alguma proibição do governo optaram em excluir o amarelo e substituí-lo pelo branco.
A partir de 1965 o alviverde sertanejo passou a disputar o Campeonato Paraibano. Em 1978, sagrou-se vice-campeão estadual, repetindo a façanha em outras quatro oportunidades (1989/90/91 e 2005).

Texto extraído do site : http://www.agoraesportes.com.br/html/nacional.asp

Hino do Clube

COMPOSIÇÃO: Amaury de Carvalho

 
Olha o verde,
Da Esperança no gramado.
Toda galera,                                                   Bis
Já sabe o resultado.
Sempre, sempre, sempre no final,
Na cabeça dá Nacional.

Verdão de fibra,
Ganha no grito,
Ganha na raça,
Ganha bonito.
E a cada gol,
Que emoção !!
Salve o canarinho do Sertão !!
Nacional, Nacional.....
.