Marilia


Nome:
Marilia Futebol Clube
Data de Fundação: 22 de novembro de 1984
Endereço: Rodovia Br-010, km 1346 S/N°, Setor Aeroporto - Imperatriz/MA
CEP: 65.900-530
Telefone: (99) 3523-1905
Fax: (99) 3524-7621
Web site: http://www.mariliafc.com.br/

 

 

Patrocinador: -
Presidente: -
Fornecedor de material: -
Cores: Azul e branco

Mascote: Azulão
Títulos: Hepta Campeão Amador da Cidade de Imperatriz (1997 a 2000, 2002, 2006 e 2007), Campeão  Amador 2° divisão de Imperatriz (1987 – Primeiro Título da História do Clube) e 1 Copa Mirante do Sul do Maranhão (2001).
Time Base : -
Técnico :
-

Mascote

Escudo antigo

Estádio

Pereirão

Nome Estádio: -
Capacidade: 1.200 espectadores
Inauguração: -
Medidas: -
Endereço: -
Proprietário :
-

Participação em Nacionais
Nenhuma

Participações em Estaduais
Nenhuma

História

A amizade que uniram Domingos Cândido, João Bosco, José Carlos, Zezé, Lenilson Ferreira e Raimundo Alves, fez com que decidisse fundar um time de futebol, cujo nome escolheu Marília Futebol Clube, o calendário marcava 22 de novembro de 1984. Em 1997 a grande arrancada do Azulão, com o patrocínio da empresa Pneus Fort e consequentemente marcava ali o início da era Antonio Pereira Borges, construindo uma história vitoriosa como comandante do Azulão, é hoje na atualidade o maior ganhador de títulos do Sul do Maranhão.

Em 1999 Antonio Pereira realizava mais um grande sonho, construía as margens da BR-010 o seu CT (O CT Pereirão), onde o Marília passaria a disputar todas as competições e consequentemente o início da escolinha, denominada, Centro de Formação de Atletas, orientados por professores competentes, nas inúmeras categorias que fazem do Marília hoje, um das grandes potencias do Futebol do Maranhão.

Hoje a cidade de Imperatriz orgulha-se de possuir um time profissional e que já fez muitas histórias no futebol amador, contudo o maior orgulho do seu presidente é o CFA (Centro de Formação de Atletas), que hoje é um cartão postal.

Nestes 24 anos de história do Marília Vários atletas brilharam com a camisa azulina, como: Joel, Geovane, Xaxado, Preguinho, Lindoval, Capacete, Denis, Aelson, Eder, Kemps, Kilzzer, Adenizío, Jailton, Anderson, Zé Filho, Poliano, André, Clayton e os atletas que fecharam com chave de ouro a participação do Azulão como equipe amadora e conquistaram o Hepta Campeonato Imperatrizense são eles: Patrick, Laércio, Ederilson, Rômulo, Jocion, Marraquete, Juninho, Mico e Elemilton .

Profissionalização

No dia 22 de novembro de 2007 o Marília Futebol Clube anuncia sua profissionalização, este foi um presente de aniversário que o clube deu a seus torcedores, com isso o projeto do azulão passa a visar o crescimento e fortalecimento nas divisões de base, que hoje é uma grande potencia do futebol maranhense.

Neste mesmo ano o Marília realiza mais um sonho inédito que seria sua primeira participação em uma Copa São Paulo de futebol Junior, dessa forma o clube investiu para ter boas condições de trabalho em sua participação na Copinha, e para a surpresa geral, passou da primeira fase em um grupo que tinha Atlético-MG, Barueri e Fluminense-BA.

A maior conquista do Marília, no entanto, deve iria alem dos resultados, com a profissionalização o Azulão tem o objetivo declarado de revelar e vender jogadores. A exposição alcançada na Copa São Paulo, especialmente na estréia no empate por 2 x 2 com o Atlético-MG, em jogo televisionado, desencadeou o assédio sobre os atletas a ponto de o time ter ido treinar no CT das categorias de base do São Paulo, em cotia, a convite do Tricolor.

O trabalho no Azulão do Sul do Maranhão continua, e concerteza o desejo de sua diretória e dar continuidade a este brilhante trabalho que hoje é desenvolvido dentro e fora do CT Pereirão, revelando craques, formando cidadões, desenvolvendo seu trabalho social e acima de tudo levando o nome do Marília Futebol Clube para todos os cantos do Brasil e do mundo.

 

 

Hino do Clube
Chegou à hora, da decisão,
Azul e branco é o novo campeão,
Eu sou Marília, de coração,
É time forte é o melhor da região.
2X

Sou Marília e quem não é?
Bola na rede é isso que o povo quer,
Muita garra e emoção,
Azul e branco é do sul do Maranhão.